Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rui Ferreira Autor

"A imaginação é o solo fértil onde as sementes do impossível brotam." RF

Rui Ferreira Autor

"A imaginação é o solo fértil onde as sementes do impossível brotam." RF

O dia da consagração inesperada

 

121994559_3960007960695345_104147570961506107_n.jp

Nada, mas absolutamente nada nos prepara para um desfecho desta natureza. Não me sentia favorito, tampouco melhor que qualquer dos outros excelentes autores que comigo concorriam nas respetivas categorias.

Confesso, que tinha uma ínfima esperança que pudesse ganhar algum dos troféus a que estava nomeado, ainda que não acreditasse muito que tal pudesse acontecer. Já ganhar os dois troféus, isso sim, foi deveras surpreendente.

O ambiente era fantástico, apesar do uso da máscara me estar a secar a garganta e quando aquele momento chegou, bem, a garganta secou por completo. Subi ao palco sem uma única linha escrita para um discurso que se impunha. Quase não conseguia falar. Enquanto descia as escadas, pensava como teria sido possível e apenas me lembrava que teria que agradecer aos meus amigos. Era graças a eles que estava a viver aquele lindo momento.

121725029_3961671640528977_6036431182960677236_n.j

A chamada ao palco pela segunda vez, para receber o troféu Romance 2020, foi o pináculo da tarde, de todo o processo de produção e publicação do livro.

O nervosismo que sentia não me permitiu ter a clareza de espírito para agradecer ao Ricardo Formigo pela revisão do texto, ao Mário Ferreira e à Lara de Matos pelo soberbo trabalho de design e paginação e a todos os que participaram no processo de produção. 

Foi mais um momento de sonho nesta jornada que parecia não ter fim. Quase tudo foi perfeito, a minha linda feiticeira estava deslumbrante e apenas faltou o meu maior tesouro, que me seguiu pela web desde Inglaterra.

121200423_3942321062464035_6669868307005838553_n.j

A viagem até casa foi repleta de telefonemas e mensagens que me aqueceram o coração e para terminar em beleza, uma breve passagem pela casa do meu querido irmão Alberto, que organizou uma pequena festa surpresa, onde apareceram os meus amigos Vieira e Aldina.

Estou de coração cheio.