Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rui Ferreira Autor

"A imaginação é o solo fértil onde as sementes do impossível brotam." RF

Rui Ferreira Autor

"A imaginação é o solo fértil onde as sementes do impossível brotam." RF

Todos temos os nossos demónios

448458123_8481917015171061_790998601431278395_n.jp

Em cada coração, há um quarto trancado onde guardamos os nossos demónios. São as vozes que nos dizem que não somos bons o suficiente, os medos que nos paralisam diante do desconhecido, os arrependimentos que pesam nas nossas almas como correntes.
Todos nós carregamos os nossos demónios internos, aqueles sussurros de dúvida e medo que percorrem os corredores escuros das nossas mentes. Alguns são sombras do passado, outros são criados pelas incertezas do futuro. Mas é na forma como lidamos com eles que reside a nossa verdadeira força.
Confrontar esses demónios é um diálogo constante entre o que somos e o que tememos ser. Aceitar que eles existem é o primeiro passo para a liberdade. Não para bani-los, mas para compreendê-los e, quem sabe, aprender com eles. Cada demónio carrega uma lição, uma chave para um aspeto escondido de nós mesmos que, uma vez descoberto, pode levar-nos a uma vida mais plena e autêntica.
Assim, dançamos com os nossos demónios ao ritmo da vida, aprendendo a cada passo a transformar a escuridão em luz.

@destacar

#demónios #vozes #trancado #coração #desconhecido #arrependimento #alma #ruiferreiraautor #escuridao #correntes #sombras #passado #combater #incertezas #paralisia #Confrontar #força #vencer #enfrentar #medos #boatarde

Amor Inquebrantável

177485726_507499790406950_4336342429913510223_n.jp

Na alvorada da tua vida, eu já amava cada traço teu, cada sorriso incipiente, cada choro que rompia o silêncio da noite. Prometi, sob a luz das estrelas, ser o farol que te guia, o escudo que te protege, o porto seguro onde sempre podes ancorar.

Cresceste, qual flor despontando sob o sol do meu orgulho. Em cada passo teu, vi a promessa de um futuro risonho, e em cada queda, estendi minha mão para te erguer. No teu olhar, vi o reflexo dos meus sonhos e a esperança de dias melhores.

Agora, caminhas por trilhos que não posso percorrer, mas o meu amor segue-te como uma sombra fiel. Nas alegrias, celebro contigo; nas tristezas, sou o ombro onde podes repousar. E mesmo quando a cortina da vida se fechar para mim, estarei contigo, sussurrando canções de embalar, contando histórias de coragem, lembrando-te sempre do amor inquebrantável do teu pai.

Porque o amor verdadeiro não conhece barreiras, não teme a distância, nem se curva perante o tempo. Ele é eterno como as estrelas, profundo como o oceano, e mesmo na ausência, ele perdura, um sopro de vida que nunca se extingue.

Assim, minha querida filha, leva contigo este amor, este compromisso que nunca se abala. Que ele seja a tua bússola, o teu consolo, o teu eterno companheiro. E lembra-te, em cada passo, em cada respirar, que o amor do teu pai é um elo que nem mesmo a morte pode desfazer.