Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rui Ferreira Autor

"A imaginação é o solo fértil onde as sementes do impossível brotam." RF

Rui Ferreira Autor

"A imaginação é o solo fértil onde as sementes do impossível brotam." RF

Texto do dia VIII

cena-cinematografica-de-um-homem-sentado-em-um-bal

Os sonhos são como estrelas cintilantes, pequenas luzes que nos guiam na escuridão da vida. Acreditar nesses sonhos é como nutrir uma chama dentro de nós, uma chama que nos impulsiona a seguir em frente, mesmo quando as tempestades da dúvida e do desânimo ameaçam apagá-la.
Valorizar os nossos sonhos é reconhecer que eles são mais do que simples desejos. São promessas que fazemos a nós mesmos, compromissos com o nosso próprio potencial. Quando nos permitimos sonhar,  abrimos portas para o inesperado, para o extraordinário. Cada sonho é uma semente que plantamos no solo fértil da esperança, regando-a com perseverança e coragem.
Nunca desistir dos nossos sonhos é uma batalha constante. Por vezes, o caminho torna-se íngreme, e as pedras da adversidade parecem insuperáveis. Mas é nesses momentos que precisamos lembrar que os sonhos não são frágeis como cristais; são resistentes como rochas. Sobrevivem aos ventos contrários e às marés revoltas, porque são parte essencial de quem somos.
 
Talvez este texto lhe interesse:
 
Imagem:https://br.freepik.com/fotos-gratis/cena-cinematografica-de-um-homem-sentado-em-um-balanco_126513945.htm#fromView=search&page=1&position=9&uuid=9537957b-4964-4ea0-8ef7-bac743feee7a